top of page

25 perguntas para aplicar na entrevista de desligamento de um funcionário

A entrevista de desligamento é uma maneira de entender a satisfação dos colaboradores.


25 perguntas para aplicar na entrevista de desligamento de um funcionário
A entrevista de desligamento, também chamada de entrevista demissional, é uma conversa entre o funcionário desligado e o profissional de RH.

Um dos momentos que nenhuma empresa gostaria de ter que passar é o desligamento de um funcionário, seja por vontade própria ou decisão da própria instituição.


O fato é que aproveitar esse momento para entender quais aspectos levaram a esse ponto é muito importante tanto para a empresa evoluir, como para que o agora ex-funcionário se sinta ouvido.


Dessa forma, investir tempo na entrevista de desligamento é uma ação oportuna para olhar para dentro da instituição a partir da experiência de quem já esteve lá.


Mas você sabe qual o melhor modelo de entrevista de desligamento? A seguir você encontra as 25 perguntas para aplicar na entrevista de desligamento de um funcionário, acompanhe:


O que é entrevista de desligamento?

A entrevista de desligamento, também chamada de entrevista demissional, é uma conversa entre o funcionário desligado e o profissional de RH. Esse bate-papo tem como objetivo coletar feedback do funcionário a fim de melhorar ambiente organizacional.


Nessa entrevista a empresa se posicionará de forma passiva, com o objetivo de entender quais motivos levaram àquela saída, e qual o ponto de vista do ex-colaborador sobre o tempo em que esteve na organização.


Vale ressaltar que por não possuir mais vínculo contratual com a empresa, é comum que o profissional se sinta mais confortável e seja mais sincero em suas respostas. Portanto, como profissional de RH ou gestor, explore o momento de forma tranquila.


Por que a entrevista demissional é importante?

Quando encarada como uma ação para desenvolvimento da empresa, a entrevista de desligamento tende a gerar muito benefícios, como:


  • Diminuir a tensão entre a empresa e o ex-colaborador;

  • Evitar que o funcionário que está saindo se torne um detrator da empresa;

  • Melhorar a imagem da instituição;

  • Organizar questões legais entre as partes;

  • Evoluir o clima organizacional;

  • Avaliar os colaboradores que ficaram;

  • Melhorar a atuação dos gestores;

  • Melhorar as contratações;

  • Reduzir o turnover.


Para que os pontos citados anteriormente sejam o resultado da entrevista de desligamento, é importante que a empresa avalie os motivos que levaram o funcionário a deixar a instituição, e procure resolver internamente os gaps.


Em muitos casos, o ex-colaborador pode apontar como motivo situações em relação a processos, à equipe ou ao próprio gestor. Nesses casos, como nos demais, não se deve encarar de maneira pessoal.


O feedback do profissional deve ser avaliado e entendido se aquele era um ponto de vista individual, ou que realmente acontece dentro da empresa. Para ajudar nesse entendimento, aplique uma pesquisa de clima organizacional com respostas anônimas.


3 passos importantes para a entrevista de desligamento

Lembre-se que na entrevista de desligamento as perguntas devem ser abertas e não precisam seguir exatamente um roteiro. Além disso, se atente a outras questões:


  • Pergunte se a pessoa se sente à vontade: a entrevista de desligamento não deve ser obrigatória. Portanto, deixe claro para o ex-colaborador que ele deve se sentir livre para dizer o que pensa e se deseja ou não fornecer esse feedback à empresa;

  • Momento certo: a entrevista deve ser feita alguns dias após o desligamento, isso porque se realizada de forma imediata, a conversa pode ser afetada por questões emocionais;

  • Se planeje: o RH deve dar um direcionamento ao bate-papo, com perguntas e posicionamentos que tornem o momento leve e ao mesmo tempo demonstre a sua importância.


Modelo de entrevista de desligamento: perguntas para aplicar

Agora chegou a hora de definir o modelo de entrevista de desligamento. Para isso, separamos algumas perguntas a seguir. Lembre-se que não é necessário aplicar todas elas, então escolha aquelas que podem se encaixar melhor ao contexto da sua organização e do desligamento.


  1. Quais motivos te fizeram pedir demissão? (caso tenha sido um pedido de demissão por parte do funcionário)

  2. Existem outros fatores que contribuíram para chegar a essa decisão? (caso tenha sido um pedido de demissão por parte do funcionário)

  3. O que você acha que poderia ter sido feito para evitar essa situação?

  4. Você acha que a empresa oferece oportunidades o suficiente para você se desenvolver profissionalmente?

  5. Suas atividades eram condizentes com o cargo que você ocupava?

  6. Quais treinamentos a empresa deveria oferecer?

  7. Acredita que a empresa oferece reconhecimento profissional?

  8. Qual a sua opinião sobre o ambiente organizacional? (Clima da empresa como um todo)

  9. O que você acha dos nossos canais internos de comunicação?

  10. Existe algo que você gostaria de saber antes de começar o seu trabalho?

  11. Como era o seu relacionamento com os colegas de equipe?

  12. Qual a sua opinião profissional sobre a sua última gestão?

  13. Você recebeu metas e objetivos claros?

  14. Recebeu feedbacks nesse período em que esteve aqui?

  15. Se você fosse gestor da equipe em que trabalhou, o que você faria diferente?

  16. Você sofreu alguma discriminação ou assédio nesta empresa?

  17. O que você acha do salário e pacote de benefícios oferecidos pela empresa? Acredita que são condizentes com o mercado?

  18. Por que escolheu o seu novo emprego? (caso tenha sido um pedido de demissão motivado por uma troca de emprego)

  19. Pode nos dizer em qual empresa vai trabalhar agora? (caso tenha sido um pedido de demissão motivado por uma troca de emprego)

  20. O que você pode contar como saldo positivo da sua experiência conosco?

  21. Sobre a empresa, quais pontos você acha que podem ser melhorados?

  22. Você recomendaria a nossa empresa para amigos?

  23. Você voltaria a trabalhar conosco futuramente?

  24. Há algo que podemos ajudar para facilitar a sua transição?

  25. Gostaria de falar mais alguma coisa?


Entrevista de desligamento perguntas para não fazer

Algumas perguntas feitas de forma inapropriada no momento da entrevista demissional podem gerar desconforto e criar um clima negativo entre a empresa e o ex-colaborador. Por isso, evite:


  • Perguntar sobre pessoas específicas;

  • Achar um culpado para situações;

  • Alimentar fofocas e informações falsas;

  • Questões pessoais que não impactem à relação com a empresa;

  • Tentar convencer o funcionário a permanecer na empresa.


Por fim, lembre-se que a entrevista de desligamento é muito importante para aplicar a escuta ativa e permitir que o funcionário se expresse de forma transparente.


FONTE: PandaPé

ANTUNES, Beatriz. Entrevista de desligamento: 25 perguntas para aplicar na saída dos funcionários. PandaPé. São Paulo, 23 de fev. de 2022. Disponível em: <https://blog.pandape.com.br/entrevista-de-desligamento/>. Acesso em: 04 de mai. de 2022.


Agora que você aprendeu um pouco mais sobre o mercado de trabalho, que tal se juntar ao Grupo FX? Escolha uma das opções abaixo e faça parte da nossa história!

Comments


bottom of page